8 de jan de 2010

- RITUAL DOS SOLSTÍCIOS DE VERÃO


Celebrado no Brasil em Dezembro (na entrada de Capricórnio), é a noite mais curta do ano, quando todos os tipos de fadas e elfos andam correndo soltos por toda parte. Esses dias e noites do Solstício de Verão estão repletos de grande poder e magia; são tempos para realizar rituais que vicejam com prodigalidade na estação, quando a vida é mais fácil e há tantas horas de luz diurna que nos permitem realizar todas as tarefas com tempo de sobra para o repouso e o divertimento. No hemisfério norte, convocam-se todas as "tribos" da tradição pagã para que venham e se divirtam juntas.

O Solstício de Verão é um ritual de festa e alegria. Trocam-se presentes mágicos, faz-se um grande festa para agradecer à todas as energias pelo verão, pelas frutas que estão nos pés, pelo Sol, que nessa época do ano brilha mais tempo no céu. À partir desse dia há um declínio do sol, os dias começam a ficar mais curtos e começamos a armazenar forças para o outono. Tradicionalmente as ervas colhidas nesse dia são muito poderosas.

O fogo marca este dia como aquele em que a luz do Sol permanece por mais tempo no Céu. Esta é a melhor época para queimar as preocupações do ano que passou.
No calendário Celta, este dia é chamado Litha, e homenageia a deusa da
água. Muitos povos europeus também homenageavam o Homem Verde, símbolo folhoso do ressurgimento da natureza, contrapartida do egípcio Osiris.
O festival Taoista homenageia o Celeste Imperador Shang-Ti e celebra a
presença ativa do Tao (Absoluto) em todas as coisas. Este é o tempo em que a força masculina Yang está no seu pico e inicia a estação de fogo. No hemisfério Sul é época de luz máxima, enquanto que no hemisfério Norte é o tempo em que o Sol renasce após a noite mais longa.

Há muito tempo observadas como épocas importantes para se harmonizar com as energias do ciclo solar, os solstícios e equinócios são agora reconhecidos como ocasiões importantes para uma ligação para a meditação, para a ascensão nossa e do nosso mundo.

Neste Solstício, o Sol estará em conjunção próxima com Vênus e Marte em Câncer e todos os três estarão se alinhando com Netuno, o planeta do Espírito. Isto irá nos encorajar a nutrir a auto-realização divina.O Solstício marca a necessidade de encontrar segurança interna através de nossa conexão com o Espírito, o EU INTERNO, e assim nossa resposta a outras pessoas e coisas vem do coração em vez de vir de um ego inseguro. A Lua, que rege o signo de Câncer, entrará em conjunção com Urano em Aquário, Indicando uma necessidade de despertar para esta conexão Divina.

Atualmente muitas pessoas se reúnem em locais sagrados por todo o mundo nos Solstícios e Equinócios para se conectar mais fortemente com a Terra e para ampliar o efeito da cura planetária.



Nenhum comentário:

Postar um comentário